IDIOMAS

ptenfres

BANNER TOPO

ATENDIMENTO DE EXCELÊNCIA

EQUIPAMENTOS DE ÚLTIMA GERAÇÃO

EQUIPE ALTAMENTE TREINADA

Prev Next

VESÍCULA BILIAR

HÉRNIA DE PAREDE

HÉRNIA DE HIATO

AGENDE SUA CONSULTA

Solução para retirada da Vesícula Biliar - Single Port

Single Port
Cirurgia Laparoscópica por Único Portal para Remoção da Vesícula Biliar É uma cirurgia avançada, minimamente invasiva, na qual o cirurgião opera usando exclusivamente um único portal. A introdução de instrumentos para acessar os órgãos intra-abdominais que precisam ser operados é feita por uma única e pequena entrada no abdome.

A presença dos cálculos biliares, dentro da vesícula, pode causar dores, cólicas intensas, inflamação, e até cirurgias de urgência por infecções associadas ou pancreatite.

Tradicionalmente, desde 1989 até os tempos atuais, a retirada da vesícula por via laparoscópica é realizada com 4 orifícios no abdome . Dois de 5 mm e 2 de 10 mm.
Na Cirurgia Laparoscópica de Único Portal os instrumentos serão colocados por um orifício de 2,5 cm realizado sob a cicatriz umbilical. Este acesso umbilical único traz algumas vantagens importantes como menos desconforto pós-operatório, tempo de recuperação mais rápido e resultado cosmético melhor. A cicatriz umbilical natural esconde orifício realizado para a cirurgia.

Esta evolução ocorreu pela combinação da habilidade cirúrgica desenvolvida nas técnicas videolaparoscópicas e a alta tecnologia dos modernos instrumentos flexíveis.

Este é mais uma evolução na área das cirurgias minimamente invasivas que tem como objetivo obter mínima agressão cirúrgica, gerando conforto, excelente resultado estético e rápido retorno às atividades normais.

População alvo: pacientes com diagnóstico de cálculos (pedras) na vesícula biliar; o diagnóstico é feito por ecografia de abdome.

O paciente sente dores abdominais devido aos cálculos e procura seu médico (consultórios ou emergências) que solicita uma ecografia e o diagnóstico é feito; o médico clínico encaminha ao cirurgião.

O paciente sabe ser portador de cálculos na vesícula biliar, mas não tem sintomas importantes. Informando-se sobre a necessidade de procurar solução, ele próprio procura atendimento de um cirurgião do aparelho digestivo.

Fonte:  Dr. André Rosa e Dr. Marcus Reusch